Arquivo

Posts Tagged ‘the cleaner’

The Cleaner (1×02): “Os erros são os portais da descoberta.”

21 agosto, 2008 1 comentário

Sim, este episódio foi melhor que seu antecessor, o piloto, mas mesmo assim tem alguma coisa na série de William Banks que não me agrada…

Eu gosto da história, porém eu odeio o clima da série, eu nem sei que clima é esse, mas eu não gosto. Lembro de ter visto esse tal clima em Fastlane e She Spies, principalmente na primeira, mas como eu disse, eu não consigo saber o que é.

Neste episódio aconteceu o que eu espera, um caso com um celebridade, mas ele não foi tão bem aproveitado, e também não iria dar em nada. Me retrato com essa idéia de celebrities, acho que só se fosse verdadeiras celebridades seriam interessante. Quem sabe um Britney não pinta por lá. Mas a série terá de comer muito feijão antes disso acontecer.

Porém o episódio não ficou somente nisso, na verdade isso só um pequena parte dele. William teve de trabalhar com um menina que trabalhava como mula, no fim tudo acaba resolvido e lindo. Os maus se dando mal e os bons de dando bem.

Esse capítulo da vida de William Banks apresentou um história interessante. Sua filha é compulsiva, ela quer ser perfeita a qualquer custo, uma coisa meio Bree, só que ela é se foca mais na educação, parece que ela quer ir no “solentando” americano.

Novamente digo que Amy Price-Francis é a melhor coisa do elenco, neste episódio ela superou se episódio anterior. Não sei, mas parece que eu estou começando a gostar desta série, mesmo com essa coisinha que eu não sei o que é.

Categorias:the cleaner Tags:

The Cleaner (1×01): Salvando vidas.

7 agosto, 2008 1 comentário

William Banks já salvou 257 pessoas viciadas em drogas, sexo e jogos. Ele não é um policial, nem um super-herói. Ele é apenas um homem com uma missão. Esta é sua história.

Confesso que pela sinopse e a frase de início (citada acima) a série parecia ser ótima, Benjamin Bratt (de Miss Simpatia) também não desaponta como William Banks. Na verdade a série até não chegou a me desapontar, só acho que ela começou errada.

Para quem não sabe o verdadeiro William Banks foi o cara responsável por tirar várias e várias celebridades muito famosas das drogas. Era isso que eu queria ver, e, isso é o que me fez querer ver mais a série, mas não aconteceu, ao invés da série começar de uma forma bombátisca, ela começo morna. Quem sabe logo não pinta um Mel Gibson ou uma Whitney Houston na vida do William. Era isso que eu esperava do piloto, algo criasse muita polêmica.

Os pontos fortes da série são a premissa, que é ótima, pretende ser um drama e tanto. O elenco, Bratt, apesar de ter sido indicado à vários Framboesas de Ouro, é ótimo. E, Amy Price-Francis que faz a mulher do protagonista também aparenta ser boa atriz, com a história certa com certeza ela irá dar um show.

Semana que vem eu comentarei o próximo episódio e vamos ver se a série é boa ou não.