Arquivo

Archive for the ‘private practice’ Category

Private Practice – 3×08: Sins of the Father

22 novembro, 2009 1 comentário

Private Practice está melhor do que nunca e pelo menos nesta semana foi melhor que Grey’s Anatomy. Pronto falei! Leia mais…

Private Practice – 3×06/07: Slip Slidin’ Away/The Hard Part

18 novembro, 2009 1 comentário

Addison resolve adotar um gato. Addison resolve brincar de sobrevivente. Addison resolve beijar o ex-marido da melhor amiga. Bem, parece que nós já vimos esses filmes em alguns lugares, não? Mas, quem disse que algo disso atrapalhou a ótima temporada de Private Practice?

Leia mais…

Private Practice – 3×05: Strange Bedfellows

2 novembro, 2009 Deixe um comentário

pp

A intenção de Private Practice sem foi ser uma série mais madura e isso seria o que a diferenciaria de Grey’s Anantomy. Esse fator “maturidade” começou desde a apresentação dos personagens, mas só foi ficar claro nesta 3ª temporada. Leia mais…

Private Practice – 3×03: Right Here, Right Now

18 outubro, 2009 Deixe um comentário

pp

Direto de Seattle, Dra. Bailey chega à Los Angeles para arrasar corações, transplantar rins e nos dar um dos melhores episódios de todos os tempos de Private Practice. Leia mais…

Private Practice – 3×02: The Way We Were

12 outubro, 2009 Deixe um comentário

pp3x02

Private Practice aprendeu com os erros passados, o segundo episódio desta terceira temporada seguiu no mesmo ritmo que a premiere e trabalhou perfeitamente as storylines de todos os personagens. Leia mais…

Private Practice – 3×01: Death in The Family (season premiere)

4 outubro, 2009 1 comentário

pp

“Yours, Mine and Ours”, foi a season finale da 2ª temporada de Private Practice e era para ter sido meu último episódio do spin-off de Grey’s Anatomy. Eu ia desistir, provavelmente assim como muitos outros, mas com o cliffhanger final e que ainda por cima envolveu a melhor personagem da série foi impossível não continuar e cá estou para comentar a season premiere da 3ª temporada que até levou um nome bem sugestivo: “Death in The Family”.

Shonda Rhimes apostou em dois elementos que ela mesma acaba tornar extremamente manjado. Enterros e antes disso, os melhores personagens de suas séries morrendo no último minuto da season finale.

O primeiro episódio desta temporada de Practice Practice começa o tal enterro, Pete chorando e Naomi e Sam ao lado. Violet não poderia ser, Rhimes não daria um tiro em seu próprio pé desta maneira. Poderia ser o bebê. Violet teria uma boa trama para trabalhar durante a temporada. Rhimes optou pelo fácil. Mas, antes disso…

Violet Turner é a Izzie Stivens de Private Practice. A personagem por muitas vezes carregou a série da Dra. Addison nas costas. Erro de Shonda Rhimes, que mostrou o lado omitido de Addison em Seattle, o lado da mulher que havia traído o marido com o seu melhor amigo.

E enquanto Addison ia sendo cada vez mais corrompida, os coadjuvantes de Private Practice, assim com os de Grey’s Anatomy, tomaram formas, ganhando destaque e muito seguidores. Foi assim que Violet tornou-se a melhor personagem da série. Foi por isso que Shonda a escolheu para o cliffhanger e só por isso que eu assisti esse episódio.

Confesso que comecei a assistir “Death in The Family” na defensiva. Eu não queria ser pego mais uma vez pela série. Seria a premiere e só. Mas quando o episódio começa, nós já vemos as mudanças em boa parte das coisas que mais incomodavam.

Addison começa se mostrar mais autoconfiante e indicar futuras mudanças. Enquanto isso, Pete, o personagem mais inútil de toda série, mostrou quem realmente é. Tentando arrumar a impressão que o personagem causou nas duas temporadas passadas através de flashbacks onde ele tinha sessões com Violet, Rhimes acertou. Aliás, ou a aproximação de Violet e Pete seria algo muito certo ou algo totalmente errado. Deu certo.

Pete é quem encontra Violet toda ensanguetada e sem o bebê, entra em choque, mas a leva para o hospital, afinal, ele não poderia perder outra mulher em sua vida. Com Violet seria menos “cruel” que na primeira vez, com sua esposa, mas ele realmente ama a Dra. Turner.

Addison dá o seu melhor para salvar a vida de Violet e o bebê que reaparece no hospital quando sua “mãe” vai a procurar de Cooper. Aliás, a atuação de Amanda Foreman é um dos pontos fortes do episódio e por sinal, ela esteve muito bem em todo arco proposto a Violet e Katie.

Violet é salva e o bebê também. Os últimos minutos do episódio são lindos, emocionante e nós ficamos sabendo, um pouco antes disso, que o enterro que acontece na cena inicial na verdade é um flashback das sessões de Pete e Violet, naquela cena Pete enterra sua primeira mulher e Violet o apoiava.

Private Practice começa muito bem, pra quem iria ver somente mais um episódio, Shonda Rhimes conseguiu uma façanha e vai me fazer ver mais um bom número de episódios. Muita coisa ficou “em aberto” nessa season premiere e Violet está viva!

Private Practice: Yours, Mine and Ours (2×22 – Season Finale)

6 maio, 2009 3 comentários

Poderia ter sido uma season finale grandiosa, ter tido grandes momentos, mas uma falta de criatividade violenta fez com esse episódio fosse apenas mais um, o único elemento que salvou (se é que eu posso dizer isso) foi o cliffhanger com a Violet. Leia mais…