Início > Kings, NBC, series finale, The New King part 2, The New Kings > Kings – 1×13: The New King, part 2 (series finale)

Kings – 1×13: The New King, part 2 (series finale)

Kings13 Music Dude[(027744)20-01-49]

Kings chegou ao fim no último sábado, em seu series finale deixou claro que poderia render muito mais e que esses treze episódios foram muito pouco para contar a história de Reino de Shiloh, a ascensão de um rei, a decadência de outro e as artimanhas e armadilhas dos inimigos da coroa.

Nunca houve dúvida alguma de que Silas voltaria ao poder, pelo menos não por minha parte, o importava e era curioso era o como e Kings mais um vez não decepcionou.

Assistir Kings é como ver uma grande sequência de cenas emblemáticas. O retorno ao poder de Silas foi mais uma dessas. Primeiro o monarca deposto aparece caminhando sozinho em direção ao exercito de seu país armado contra ele, depois uma frota de tanques de guerra vindos de Gath aparecem atrás e o personagem dispara algo ao estilo: “William… quer combater uma guerra de tanques com homens armados” e eis que David Sheperd surge do interior de um tanque, meio que dizendo que o Rei e seu soldadinho de chumbo estava de bem novamente, lego engano.

Após Silas passar por seu exercito a Rainha aparece com sua coroa e o antigo Rei volta ao poder enquanto seus inimigos fogem e foi nisso que o roteiro de uma temporada completa ficou extremamente compacto sendo finalizado no que seria o meio da temporada. O fim de William foi somente citado, a “aliança” de Andrew com seu tio passou praticamente batida, aliás o personagem do Macaulay Culkin foi diminuído neste último episódio, seu grande potencial acabou em quase nada, a única traição que foi dada importância e com razão, foi a do Príncipe Jack: Ficar trancado com sua noiva em um quarto até gerar um herdeiro. Nessa cena, novamente, Sabastian Stan estava ótimo e o desespero do personagem chegou a ser hilário.

Quem também sofreu pelas mãos dos monarca, ou melhor da monarca foi a Princesa Michelle, sua mãe, a Rainha a exilou até o nascimento do bebê e com isso nem ficou claro se o David, pai da criança ficou sabendo da gravidez, provavelmente não, porque se ele soubesse não teria fugido de Shiloh e buscado abrigo em Gath. Já que contra a vontade de Deus, Silas negou-se a entrar o trono a David.

Todas a sequência de Silas conversando com Deus, brigando com David e tendo conversas “póstumas” com o Reverendo foram cenas tensas e provou que Silas não é o mocinho da história, somente o “menos pior” e se Kings tivesse uma segunda temporada nós veríamos David voltar glorioso de Gath e assumir o trono de Shiloh ao lado de Michelle e muito provavelmente com seu bebê nos braços, mas isso não vai acontecer e cada vez mais a NBC me da motivos para odiá-la.

Mas o tempo que durou foi ótimo, Kings foi uma das melhores estreias dos últimos anos e os atores da série ficarão eternizados assim com a série, porque uma coisa que não faltou nessa produção foi qualidade. Agora só posso esperar para ver o elenco da série em outras produções, porque só assim para matar a saudade.

  1. Vanderson
    31 julho, 2009 às 2:31 am

    falou tudo! A serie realmente é excelente. Me fez pesquizar a biblia e despertar ,mais ainda, o interesse pela continuação desta serie. Espero que a NBC tenha um pouco de consideração em manter uma produção como esta, de altissima qualidade, no ar.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: