Nurse Jackie: Tiny Bubbles (1×06)

Com direito a participação especial de Swoosie Kurtz (Pushing Daisies) e o roteiro mais dramático de toda a série e ainda, após o tempestuoso episódio passado, Nurse Jackie voltou a sua boa forma e chegou ao seu auge.

Esse episódio não foi tão convencional quanto aos outros, quer dizer, ele não seguiu a mesma fórmula. Se antes os pacientes eram apenas “anônimos” e o grande show era dado pelas personagens recorrentes da série, desta vez eles (os pacientes) deram o seu show e mostraram ter significado dentro da série.

O menos importante, mas não descartável, participação, caso médico ou paciente, como queira, veio de um dos primeiros pacientes da série, o homem do gato, aquele mesmo que fez a Zoey ter um dos momentos mais insanos da série e “destilar” sua pérola sobre o amor que o gato tinha com ele. Revê-lo em circunstâncias parecidas foi engraçado, mas esse paciente não passou de uma pequena ligação para o grande caso do episódio. A ex-enfermeira, Maureen.

Mais cativante e controversa impossível. Maureen foi dosada na medida certa com drama e humor negro e irá ser impossível esquecer essa passagem na série tão cedo. A primeira impressão que nós temos é que a personagem é uma irresponsável, porque, apesar desse recurso quase sempre ser usado nas séries (ou pelo menos algo bem parecido) é sempre desconfortante e “revoltante” ver um fumante com câncer nos pulmões, fumando. Mas até ai tudo bem comum. Contudo, Maureen ainda tinha mais história a contar, ela é uma ex-enfermeira e como fica claro, alguém que sensibiliza Jackie,isso talvez pelo tempo que elas trabalharam juntas, já que provavelmente, a nossa protagonista foi a Zoey de Maureen.

Mas ainda a história de Maureen não havia tido fim e o melhor e mais emocionante sempre fica para o final. Em toda e qualquer série um sacrifício, somado a um personagem em estado terminal é emocionante e com Nurse Jackie não foi diferente. Ver todos os enfermeiros reunidos ao redor de Maureen e vê-la tomar seu drink da morte não poderia ter sido mais emocionante.

Nessa trama, como não poderia ser diferente, até os outros personagem acabaram entrando em conflito e isso fica mais evidente em Jackie, mas principalmente em Zoey, a enfermeira novata que não está acostumada como o “funcionamento” das coisas. Essa trama foi ótima para ela e mostrou que Zoey não é somente comédia e que acima de tudo, os roteiristas sabem brincar muito bem com todos os personagens e fazerem seus atores darem o melhor.

Além de tudo ainda tivemos a participação de Swoosie Kurtz (Pushing Daisies) e da menosprezada por mim no inicio da resenha, Blythe Danner (Huff). As duas estavam ótimas como as mães (no plural mesmo) do Dr. Cooper. Kurtz, que teve mais destaque, estava perfeita, assim como Peter Facinelli, que a cada episódio se mostra melhor e seu personagem cada vez mais bem construído.

Mais uma vez Nurse Jackie foi impecável, então vamos esquecer o escorregão no episódio passado (que muito nem consideram ser um) e vamos ficar ansiosos por mais um episódio da melhor estréia da temporada.

  1. 15 julho, 2009 às 12:43 pm

    Como eu já tinha comentado, achei o episódio anterior muito bom, mas concordo que esse foi bem melhor em diversos aspectos – e talvez o mais dramático até então. “Nurse Jackie” é uma série que definitivamente me conquistou…

  2. 16 julho, 2009 às 1:25 am

    Realmente foi o mais dramático até agora. Pra mim, só não foi melhor que o piloto por pouco. Ver a Zoey se tornando uma personagem decente ao invés de um simples alívio cômico é algo bem interessante. Também adorei rever a Swoosie Kurtz!😀

    Abração!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: