Início > Nurse Jackie, Sweet ‘n All > Nurse Jackie: Sweet ‘n All (1×02)

Nurse Jackie: Sweet ‘n All (1×02)

Sabe aquele típico segundo episódio de uma série em que o piloto agrada muito? Então, foi exatamente assim esse episódio de Nurse Jackie. Nem tão brilhante quanto o antecessor, mas mesmo assim bom.

Uma queda de produção no segundo episódio já era mais que esperada, a série já mostrou o que queria no primeiro episódio, já encantou, agora é só aproveitar e se entreter com a história de Jackie.

Outros fatos que também já eram esperados como o aprofundamento nas relações familiares da protagonista aconteceu. No episódio passado já ficou claro que Jackie só trai o marido por causa das dores nas costas e nesses nós vimos como tudo funciona, inclusive o ato de esconder a aliança, mostrando que os dois homens de Jackie estão sendo enganados, já que nem seu marido sabe que ela tem outro e nem o outro sabe que ela tem marido.

Jackie também teve de lidar com o reaparecimento da orelha do episódio passado. E a culpa ficou para a enfermeira novata, que alias cresceu muito na trama e aparentemente tem potencial para ser muito mais que um dos alívios cômicos da série.

E falando no alívio cômico tudo indica que esse papel ficará na mão do Mo-Mo, o enfermeiro gay e a Dra. O’Hana, a amiga e confidente de Jackie. Já que até o Dr. Coop apresentou uma pequena veia dramática neste episódio: A pessoa (no caso médico) que ninguém acredita, mas de repente surpreende a todos. Mais clichê impossível, não? Não, claro que não!

Os adoradores de “Sessão da Tarde” viram neste episódio o quase que pai dos clichês: Uma pessoa vai, toma algo (por engano, é óbvio) e começa a se comportar de forma inapropriada. Mas apesar desse ser o pai dos clichês e a cara da “Sessão da Tarde” (filmes do Didi), não sei por que, talvez tenha sido por ser Nurse Jackie, por ser Edie Falco ou ainda por ser Showtime, mas isso passou tão batido, quase despercebido e até chegou a ser engraçado. Totalmente desculpável. E acho que quem não entendeu e não gostou do uso desses clichês batidos, não irá muito longe com a série, já que aposto que essas cenas se tornarão bem comuns em Nurse Jackie.

Sweet ‘n All pode até não ter sido tão brilhante, não ter tido nenhuma frase de efeito ou situação marcante, mas mesmo assim agradou e Nurse Jackie continua sendo a melhor estreia da Summer Season.

Ah! E não posso deixar de comentar: A abertura da série é ótima ou não é? Adorei!

  1. 20 junho, 2009 às 5:54 pm

    Depois do péssimo ‘Pilot’, prefiro nem continuar!

  2. 21 junho, 2009 às 7:33 am

    Repetindo o que disse no seu mesmo post lá no Serie Maníacos:

    A abertura bem legal, todo o novo foco nos outros personagens além das descobertas sobre detalhes da família de Jackie enrriquecerama estória num ponto que entreteou na medida certa….

    Vlw, cara!

  3. 21 junho, 2009 às 12:38 pm

    Apesar de preferir o tom de novidade do piloto (realmente me surpreendi com a personagem e a série como um todo), esse “Sweet ‘n All” continua mostrando que “Nurse Jackie” é mesmo uma das estréias mais interessantes da temporada. E a abertura é ótima mesmo!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: