Glee & Season Finales

Glee: Pilot (1×01)

Poster1

Sem compromisso, esse é o termo que resumiria Glee a nova série de Ryan Murphy (Nip/Tuck e Popular), foi o que ele fez perfeitamente neste piloto.

O grande atrativo da série é a parte musical e isso ela faz muito bem. “Rehab” da tresloucada Amy Winehouse e a clássica “Don’t Stop Believin’” são as músicas que mais marcam no piloto e em reflexo a isso, no iTunes, apesar da audiência de Glee nem ter sido das melhores e mais animadoras – 10.74 milhões, após um season finale de American Idol – mas com a dinheirama e o status conseguido com os downloads das músicas já são um grande motivo para levar a Fox investir na série.

Glee conta a história de um professor de espanhol, que em um dia, do nada (talvez no meio de uma crise de identidade) resolve assumir o glee (grupo de jovens do coral) do colégio, com isso nos ficamos conhecendo os demais personagens e também vemos como Ryan Murphy é bom em aproveitar clichês e esteriótipos sem deixá-los ainda mais bregas.

Rachel Berry é a típica mocinha, a protagonista da ala teen, só que desta vez não é tão boazinha e muito menos boba, Rachel é sua própria vilã, é ela quem traça seu próprio caminho e isso é ótimo, já que Serenas e Marissas já deram o que tinham que dar. Os outros personagens são a negra a lá Kelly Rolland, mas que sonha em ser um Beyoncé. A oriental gaga que faz parte de um coral (?). O garoto da cadeira de rodas que sempre fica como centro das apresentações e estorvo. O garoto gay ligado a musicais, moda e todos os clichês gays existentes. Além do mocinho teen, jogador de futebol que namora a garota mais pura do colégio. E claro, o grande “bem feitor” do Glee Club, o professor de espanhol que sonha em reviver seus tempos áureos e ao mesmo tempo fazer algum bom aos seus alunos.

E com todos esses clichês não dá para entender como Ryan Murphy não errou. Tudo bem que o preview do piloto não foi brilhante e está longe de figurar entre os melhores pilotos já visto, mas mesmo assim Glee é boa, extremamente promissora e como já virou clichê entre os blogueiros, não nos deixa parar de acreditar!

Gossip Girl: The Goodbye Gossip Girl (2×25)

2jfeihh

Gossip Girl sempre foi fraquinha, mas já até chegou a me enganar por alguns episódios desta temporada, até chegou a parecer promissora, mas parando para olhar e observando todo o histórico da série, Gossip Girl não passa de mais um péssimo produto, que só encontra espaço na grande da CW.

Os últimos episódios desta temporada foram lastimáveis, foi visível a tentativa de criar algo grande, um bang para a série, mas ela não conseguiu, contudo isso não foi nenhuma grande surpresa já que na temporada passada a série não conseguiu deixar nenhum gancho descente para esta temporada, nesta eles até melhoraram, criaram algo em cima do filho do Rufus com a Lily, também com a Georgina dividindo o quarto com a Blair, mas e o que mais? É difícil achar algo mais animador. E como pode ser percebido pelo histórico de GG, essa trama do filho bastardo não passará de um burburinho e logo ele pegará a Blair, ou a Vanessa, ou a Dorota… (sei lá, quem sabe até onde eles conseguirão apelar). E sobre a Georgina, bem, eu leio spoilers! Sorry!

Se eu voltarei para assistir a próxima temporada de Gossip Girl, só Deus e as novas séries teens sabem, ainda é cedo para afirmar, mas uma coisa é fato, vontade de abandonar a série não me falta.

Brothers & Sisters: México (3×24)

Fiz maratonas e maratonas de Brothers & Sisters e tudo para chegar ao episódio 3×23 e ver a série decair de forma horrenda e apresentar, lastimavelmente, a pior season finale da produção e de tão fraca figura na minha lista de piores episódios de Brothers & Sisters.

A season finale de Brothers & Sisters só valeu por dois momentos, Norah Walker chegando ao México com aquele clima de filmes de faroeste e também o jantar em silêncio e com direito a mímica dos Walker, pois de resto, foi péssimo.

Thommy sempre foi o pior irmão Walker, tanto quando sua trama, mas também quando ao ator que o interpreta, enfim, uma sequência de erros que contribuíram para o episódio centrado nele – esta season finale – ser ridícula. Mas, os roteiristas não erram somente nisto. Foi triste ao ver naquele momento musical todos os personagens da série tendo seus momentos clímax e Sarah Walker, interpretada pela maravilhosa Rachel Griffiths sentada na beira de um lago com os pés na água, a personagem tanto quanto a atriz não mereciam ter passado por isso, pois Sarah Walker passou praticamente toda a temporada sem uma storyline, passou toda a temporada como neste episódio, com os pés na água. Os demais personagens também não apresentaram nada demais, Rebecca irá casar-se com o Justin, ou pelos menos é o que eles pretendem. Kitty resolveu lutar pelo Robert. Saul ajudou indiretamente a morte da mãe do Ryan. E Kevin… Alguém me diz o que aconteceu com o Kevin!

  1. Tiago
    27 maio, 2009 às 8:59 pm

    Desculpa, mas no review de Gossip não concordei xom a tua opinião. Gostei do final… nada ao estilo de Anatomia ou Donas de Casa, mas tambem temos que contextualizar as series. E espero bem que vejas a próxima temporada sim, porque eu já não passo sem os teus reviews😀

    ps: pelo menos Gossip bate 100 a 0 a 90210.

  2. 27 maio, 2009 às 9:49 pm

    Bom Mauricio o que dizer de Glee… Glee surpreende porque tem uma das mais engenhosas mentes por de traz da trama Ryan Murphy, afinal ja vi e revi todas as temporadas de populars, morro de vontade de ver nip tuck novamente so me falta tempo, entao nao deixo de acreditar no sucesso de Glee…

    Quanto a finale de B&S bom me desapontei um pouco sim esperava bem mais para um final de temporada, mas ainda sim houveram algumas cenas que me agradaram bastante, todas de Norah (com certeza) ela no lago com Tommy foi mto boa, o almoço cheio de mimicas dos Walkers, as revelações de Saul que ira render muito na proxima temporada, e Kitty quebrando a cara com Robert, correu correu e nao chegou a lugar nenhum, tarde de mais, proxima temporada vai ser a vez dela correr atras do senador…

    Pra mim mesmo com a fraca season finale essa foi a melhor das 3 temporadas, e tbm me pergundo o que aconteceu com Kevin? e ainda acrescento o que aconteceu com Sarah?
    dois otimos personagens que merecem ser melhores trabalhados na proxima temporada…
    abraços

  3. 27 maio, 2009 às 10:35 pm

    Acho que o Ryan Murphy sempre conseguiu lidar muito bem com todos os tipos de clichê, até porque ele faz isso de uma maneira muito original. Espero que “Glee” continue tão sensacional quanto demonstrou por seu primeiro episódio. Já “Brothers & Sisters” caiu um pouquinho em sua reta final, mas esse episódio está longe de ser um dos piores da série…

  4. Lucas Santtos
    28 maio, 2009 às 11:46 am

    cara eu gostei do piloto de GLEE. achei que a série pode ser dar muito bem na proxima temporada!

    GG esta mesmo bem fraquinhaaa, mas pelo menos a season finale conseguiu melhorar uma pequena quantia.

    JA B&S eu nao vejo, mas o LUCIANO tinha me falado coisas otimas sobre essa seasn finaleee. hahahah!

  5. netiteve
    29 maio, 2009 às 1:03 am

    Gossip Girl ainda estou muito atrasado para comentar algo sobre o final. Então fico com…

    Glee é uma boa estreia. Os clichês de fato são evidente e remeterm muito ao produto da Disney, o HSM. Claro, que aqui os personagens são quase todos maldosos e nada fofos, mas, tirando isso, várias semelhaças pipocam entre os dois musicais.

    Fazendo vista grossa a fraca trama, a música é vibrante e pode levar a série muito além.

  6. Diego
    31 maio, 2009 às 9:58 am

    Nossa pegou pesado com gossip girl, não acho que é um péssimo produto, é bem melhor que algumas séries teens como 90210 e The Secret…
    não quero comparar as séries, pq nao tem nada a ver uma com a outra mas a segunda temporada de Gossip me deixou mais empolgado do que a quinta de Lost que só me empolgou no final

  7. Mary
    31 maio, 2009 às 7:38 pm

    vou baixar Glee, depois eu volto e dou a minha opinião….

    Gossip Girl a unica coisa que me atrai nessa serie é ver Blake Lively ….Eu gosto muito dela, e é só…dizem que faz jus aos livros, mas eu não aguento essa coisa de gente rica e poderosa…por isso eu só vi OC quando a Micha deu no pé…a serie fico muito mais leve sem a Marissa enchendo o saco…

    E B&S tbm nao me atrai eu vi só alguns epi na TV a cabo… mas a trama nao me seguro em frente e TV nao…

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: