Início > Carlton Cuse, Damon Lindelof, Elizabeth Mitchell, lost, season finale, The Incident, V, V: The Series > Lost: The Incident 1 e 2 (5×16/17 – Season Finale)

Lost: The Incident 1 e 2 (5×16/17 – Season Finale)

60Andei fugindo de spoilers esses últimos dias, pois apesar de saber de quase tudo que iria acontecer, saber como aconteceria seria bem chato. Mas enfim, Lost realmente apresentou um bom episódio, o melhor da temporada, mas que ninguém venha me dizer que essa foi a melhor season finale da série, pois isso é puro exagero!

Uma das maiores curiosidades dos fãs de Lost foi respondida neste episódio, afinal das contas quem não queria saber quem era o Jacob? O personagem desde a primeira vez que foi apresentado foi mostrado como praticamente um deus: onisciente, onipresente e onipotente. E resumindo ele é praticamente isso, um deus.

Jacob esteve presente em momentos importantes de todos os losties, mas especialmente dos Oceanic Six (exceto o Aaron) e foi assim que nós vimos sua primeira aparição, ajudando Kate Austen quando criança e projeto de ladra. Logo em seguida o personagem aparece no casamento de Sun e Jin, também após uma operação do Jack, quando ao Nadia morre, em um momento com o Sayid, quando Sawyer ainda como Jimmy começa a planejar sua vingança e quando o Jonathan Locke é jogado por seu pai pela janela e perde a capacidade de andar. E com certeza esse foi o melhor momento dos flashbacks de Jacob, o toque de vida (Pushing Daisies, hello?) que ele deu no Locke e suas palavras ditas após aquilo foram marcantes.

Mas, contudo e após toda a mitologia criada em cima do personagem, Jacob foi tratado de forma muito comum, e o que dizer de sua morte então? Facada, cai no chão e foi jogado ao fogo. Um personagem tão prometido como esse, merecia mais.

Como a trama do Jacob chegamos ao Locke, que na realidade não é o Locke (?)! Mas para isso tenho uma pequena teoria: Christian Shepherd estava no avião da Oceanic morto, assim como Locke no do Ajira, mas após a queda do avião o personagem aparece várias vezes são e salvo perambulando pela ilha, isso aconteceu até nesta temporada, então o que quer que tenha acontecido com Locke é o mesmo que aconteceu com Christian e o corpo encontrado pela Ilana é apenas um detalhe, até porque quem disse que o Shepherd-pai não tinha um corpo também?

Agora, o melhor do episódio, assim como da temporada e também de muito tempo em Lost, Elizabeth Mitchell! A atriz é brilhante e eu não agüentava mais ver sua cara de paisagem (por falta de falas) só para mostrar que a Juliet estava em cena. E tenho que desabafar: Eu amei a morte da Juliet!

Untitled 1

Sim, realmente é uma perda, mas só de pensar que essas cenas neste episódio não aconteceriam se a personagem não morresse e também que provavelmente Elizabeth passaria mais uma temporada fazendo sua excelente cara de paisagem, fez sua a morte valer à pena. E “V” nos aguarda!

Nesta storyline além de vários momentos da Juliet (que serão comentados abaixo) tivemos a cena que demorou a acontecer, foi lindo ver o Sawyer acabando Jack, só faltou mesmo ver a Juliet acabando com Kate, pois após esse episódio Kate Austin passou a ser a personagem mais odiada por mim dentre todas as séries!

Após essa cena de briga foi à vez de Elizabeth Mitchell brilhar mais uma vez – Hey, Mr. Emmy! – adorei ver a personagem e seu discurso do porque ter mudado de idéia e ter resolvido apoiar o Jack, e a resposta é mais uma vez “Kate”, pois após ver “o olhar do Sawyer” para a personagem Juliet desistiu de lutar por ele e achou que seria melhor nunca conhecê-lo e a única forma que isso poderia acontecer seria se ela seguisse o Dr. Jack. E foi o que aconteceu. E por causa disso – Kate te odeio! – Juliet morreu e o que essa cena foi tensa (perfeita!), não? Jules enrolada pelas correntes, sendo puxada, Kate e Sawyer tentando ajudá-la, ele todo desesperado, ela caiando, nós achando que ela havia morrido naquele momento, mas dez minutos depois nós vemos que ela está viva, mas ainda tentando realmente evitar seu destino de “sofrer por amor” e Juliet detona a bomba!

Se esse episódio não foi da Elizabeth Mitchell, eu não sei de mais nada! O chato vai ser nós vermos Sawyer, Jack e Kate envolvidos (novamente) em um triangulo amoroso. E apesar de Lost ter encerrado a temporada de forma deliciosa, eu não sei, mas eu espero muito mais por “V” do que pela última temporada de série de Damon Lindelof e Carlton Cuse.

  1. 18 maio, 2009 às 4:33 pm

    Ai, como é bom ler o texto de alguém que é tão fanático pela Mitchell quanto eu!! Eu vi aquilo totalmente chocada (apesar de saber que ia acontecer, e de ter passando meses me preparando mentalmente, eu fiquei mantendo esperanças) e xingando Darlton na minha cabeça por jogarem a Juliet dentro de uma droga de buraco! Até o momento da bomba, é claro. Isso virou um pouco o jogo, porquê pelo menos ela morreu com um propósito. O que mais me chateou é que ela nem ganhou episódio focado nela nessa temporada. Se era pra morrer, tinha que ganhar episódio focado nela! Agora o quê ela vai mandar pros votantes do Emmy, Darlton? É claro que Mitchell arrasou e foi a melhor atriz do episódio, mas tem muita coisa acontecendo, todo mundo está sensacional, e ela tem poucos momentos grandes de verdade. Enfim, extremamente triste. Já vi que quando escrever minha review, vou acabar fazendo umas quatro folhas de Word (Antunes vai me matar), porquê pelo menos duas é só pra falar da Juliet e sua evolução até o momento em que solta a mão do Sawyer pra ele não cair no buraco negro da Cisne também. Enfim, esperando ansiosamente por V e ainda bem que Lost só volta ano que vem, que eu preciso de muito tempo pra me resignar a ver a série sem Mitchell e pra perdoar Darlton.

    • Adriana
      2 junho, 2009 às 11:52 pm

      Well…nao escrevo rewius nem nada mas do jeito que lost anda, atacada de viagens no tempo e tal nao duvido nada que a juliet volte triunfante…sei lá..tomara porque quando ela caiu no poço eu, como o mauricio e acho que todo mundo que viu o episodio, quis MATAR a kate!!!!!!!!!!!! tá eu gosto dela…me lembra a marguerite de “the lost world”…mas que eu quis matar eu quis…

  2. 18 maio, 2009 às 6:19 pm

    Sou um dos que acharam essa temporada uma das mais “fracas” da série (ainda que tenha alguns excelentes episódios), mas esse final foi sensacional. Incrível como os roteiristas se superam a cada novo season finale. E a Elizabeth Mitchell arrasou mesmo!

  3. 24 maio, 2009 às 3:58 pm

    Este foi o melhor finale da serie !!! xDDDD … Exagero ou nao. Esse final merece méritos, e assim como vc adoro o trabalho de Elizabeth ela merece viver …… =\

  4. 16 outubro, 2009 às 8:24 pm

    Tenho lido alguns posts do blog e são realmente mt bons. Pena que da maioria de séries que não vejo. Por isso fui procurar algo de Lost.
    Somos idênticos em Lost, hehehe. Amo a Elizabeth Mitchell e ela é simplesmente perfeita e sua morte foi muito simbólica. O finale foi bom, mas não um dos melhores realmente, gostei muito mais de “Mrs. Widmore. It’s us, I think we found it” e “Kate, we have to go back”, do que esse ai. Mas mesmo assim né cara…é Lost. =]

    Parabéns pelo blog…acho que to te seguindo no twitter tb =]

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: