Início > Jeremy Davies, lost, The Variable > Lost: The Variable (5×14)

Lost: The Variable (5×14)

Pelo que andei lendo quase todo mundo gostou deste episódio e realmente ele até foi bonitinho, mas nada de primoroso, além do mais “variável” me lembra de “constante” que me faz lembrar que Lost já foi melhor e que acima de tudo, a série não me empolga mais com antes.

Enquanto muito falaram que viram uma atuação brilhante do Jeremy Davies, o Daniel Faraday, o máximo que consegui ver foi um ator que já teve momentos bons, esforçando-se ao máximo e sendo medíocre naquelas cenas de choro e de “eu não me lembro de nada, nunca vou me lembrar!” (drama Queen). E falando nessas cenas, que furo ridículo foi aquele quando o Widmore aparece? Em um momento o Daniel diz que não se lembra de nada e que provavelmente nem irá se lembrar daquele diálogo, mas no segundo seguinte quando o Charles se apresenta ele diz que lembra-se de seu nome graças aquela gratificação de aparentes anos atrás!

Contudo, já que não quero ser apedrejado pelo lostmanicos-xiitas foi um grande trunfo de o episódio mostrar a Eloise Hawking e ir a fundo a sua história. Se ela realmente matou seu filho, o Daniel, Lost está de parabéns, pois querendo ou não Daniel Faraday é um personagem que conquistou o público e matá-lo é uma manobra arriscada, mas que bem conduzida daria muito certo. Mas, duvido que a morte realmente vá acontecer, então…

Tenho que confessar, na cena em que a Eloise atira no Daniel (somente nesta), Jeremy Davies estava convincente. E foi ótimo ver a versão jovem da Eloise, que realmente era a Ellie de “Judhead”. Um fato que ficou provado neste episódio foi que o Charles Widmore é também pai do Daniel, o que o faz ser meio-irmão da Penny, cunhado do Desmond e tio do Charlie. Mas agora só não me venham querer falar que a mãe da Penny é a Eloise, novelão demais!

Foi bom também ver a sequência daquela cena da premiere, onde o Daniel aparece do lado do pai do Miles e também dá toda a explicação para aquele momento e também fala sobre ter de apertar o botão da escotilha, que apesar de simples (o que fazer ser boba) é convincente, e também se não fosse eu teria que conviver com isso, então preferi engolir tudo e não reclamar.

E como já é tradicional e o que me anima a ver Lost, não posso deixar de comentar sobre um dos meus casais preferidos dentre as séries, Sawyer e Juliet. Não era novidade para mim que os dois iriam ficar na mira das armas do Dharmas e agora só quero ver como isso vai acabar, porque nós já estamos no final da temporada e em Lost uma morte ou outra sempre é comum nesses episódios e só torço para que não seja um deles.

Categorias:Jeremy Davies, lost, The Variable Tags:
  1. 4 maio, 2009 às 7:22 pm

    Eu gostei bastante do episódio, mas de um certo modo, concordo com você sobre a questão de não empolgar mais com a série…Continuo amando, mas admito q o brilho inicial já se perdeu…
    E Sawyer e Juliet detonam Jake e Kate…Sem comparação…
    Espero que, se o Jack terminar a temporada como herói, ele vingue esse tédio todo que o personagem está vivendo…Quanta chatice!
    Abraços…

  2. 4 maio, 2009 às 10:08 pm

    achei o episódio MUITO bom, talvez pq é um episódio sobre o Faraday, um personagem que eu gosto muito…

    detalhe pro fato do JACK voltar a ativa!

    Abraça…

    tb falo sobre lost no meu blog se quiser dar uma conferida.

    Até.

  3. Lucas Santtos
    5 maio, 2009 às 8:28 am

    hahah! Rapaz eu achei o episódio ótimo, bem melhor do que os ultimos que a série tem trazido!😛 A história de Daniel foi muito bem bolada, mas tambem tenho que admitor que houve algumas falhas nao é! Heloise tb teve gande destaqueeeeee. Agora eu estou ficando ansioso com o final novamente, pq finalmente a série esta saindo de seu momento lerdooo e ficando um pouco mais agitadaaa!

  4. 6 maio, 2009 às 12:14 am

    Sem dúvida foi um ótimo episódio, mas ainda fica aquela pontinha de decepção por não chegar aos pés dos melhores momentos da série (ou mesmo dessa temporada). Um 100º episódio apenas competente…

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: