Início > crossover, grey's anatomy, private practice > Grey’s Anatomy e Private Practice: Before and After (5×14) e The Ex-Life (2×15)

Grey’s Anatomy e Private Practice: Before and After (5×14) e The Ex-Life (2×15)

Addison talvez tenha sido a personagem mais amada de Grey’s Anatomy e se não foi a mais, estava entre elas. Por isso muitos dos fãs de Grey’s se recusaram a acompanhar seu spin-off, Private Practice e quem acompanhou (como eu) não viu mais aquela Addison de Seattle em Los Angeles, quem estava lá era um outra Addison, com ares de protagonista e com uma série toda bagunçada nas costas, vai ver que é por isso que ela nem seja a grande estrela do próprio show. Mas, como Shonda Rhimes adora uma metáfora e episódios eventos, o crossover veio para botar TUDO em ordem.

Os sinais de um passado de amizade entre Addison, Sam, Naomi, Derek, Marc Sloan e Archer surpreendeu, afinal nunca ninguém de Seattle havia falado de uns amigos “caipiras” de Los Angeles e o nome “Derek” sempre foi tratado como um tabu na série a Addison, mas a surpresa funcionou positivamente, todos eles convenceram. Principalmente Taye Diggs que nunca esteve tão bem com seu asmático Sam. Mas minhas surpresas não acabaram por ai.

Os laços de amizade apresentados nesses episódios realmente foram muito bons, alguns foram reanimados, outros foram criados e no fim das contras tudo foi muito legal. Callie e Addison sempre formaram uma boa dupla, mas que eu só fui dar valor no ano passado, no episódio em que Addison retorna para Seattle. Sara Ramirez é uma ótima atriz, Kate Walsh é igualmente boa, os diálogos das duas são agradáveis e sinceros, o que contribui para qualquer um querer mais cenas das duas juntas. No último episódio que Addison apareceu em Grey’s, Callie ainda estava com dúvidas sobre sua sexualidade, já neste ela estava fazendo confissões sobre para a amiga sobre uma certa cirurgiã-pediatrica gostosa. É bom ver que a amizade das duas continua a mesma, inabalada e eu torço para mais cenas das duas juntas no próximo episódio.

Addison também serviu como ouvinte para Karev, que eu não sei por que, mas não consigo o chamar de Alex, acho que só ela consegue. Eles têm laços e isso não é por eles terem transando em algum momento da série, mas é que Addison funciona tão bem com alguns personagens que não existem motivos para eles terem afeição uns pelos outros. A questão é que Addison marca.

E enquanto Addison lembrava-se de como Seattle é bom, Sam começou a formar uma amizade com Miranda. Quando vi os dois juntos achei tão estranho e até pensei que aquilo só estava acontecendo porque eles teriam algum envolvimento em qualquer momento do episódio. Mas, Sam e Miranda tiveram esses momentos juntos para refletirem sobre suas vidas: Miranda não nasceu para ser uma cirurgiã-pediatrica. Sam ainda ama Naomi. E olhar sua vida pela janela não é tão legal, quanto vivê-la. Os momentos dos dois foram realmente bons, havia química lá e se Sam ficasse em Seattle tenho certeza que ele logo, logo teria algo com a Miranda.

Os dois episódios também serviram para algumas relações tomarem outros rumos. Cooper, Violet e Charlotte caminham para o entendimento, eu entendo a loira, dividir não é legal e é incrível ver que todas as partes não se tocam quanto a isso. Naomi e Archer, ainda formam um casal estranho, as alucinações dele foram bem reais, mas quando ele retorna a sã-consciência, tudo fica lindo, maravilhoso e somente Sam, fica desconte afinal ele havia ido a Seattle esperando que sua ex-mulher voltasse “viúva”. A relação da Christina com o Dr. Hunt fica balançada, e me falem que essa trama não é a mesma da Addison, Derek e Meredith, quando a primeira vem para Seattle se dizendo casada com o Dr. Shepherd? Meredith e Derek continuaram na mesma, a verdade é que ele nem deu atenção para ela neste episódio. Já Little Grey e Sloan estão perto de saírem do armário.

Katherine Heigl voltou a brilhar na série, a doença de Izzie irá arrancar bons momentos para a atriz. Agora ela está perdendo a visão periférica (isso não é sintoma de leucemia, ou é?). E como este episódio e a demissão da Sadie fica claro que a amiga da Meredith trocou ou fez algo errado nos exames.

Um fato interessante de se ver no episódio foi à mudança de Derek, ele realmente está sendo Deus e querendo ser mais a cada momento, ele extrapolou os pedidos de Addison e como a promo está anunciando, isso é certo ou errado?

  1. 16 fevereiro, 2009 às 6:33 pm

    Alguém tem que apresentar uma invenção maravilhosa chamada telefone pra esse povo. Por que como é que amigas como Addison e Callie podem simplesmente ficar sem se falar só porquê Addison se mudou? Isso sem falar no fato de que o pessoal de uma série nunca menciona o pessoal da outra e é a primeira vez que realmente deu para sentir os laçoes fortes que os unem, apesar de tudo o quê aconteceu.

  2. 16 fevereiro, 2009 às 7:28 pm

    Addison foi o centro das atenções, e foi pingando o seu brilho pelo hospital, a cada conversa que tinha com alguém. Ainda tenho meus problemas com Alex, mas quando ele está com a Addie ou Izzie ele se torna agradável, e sincero.

    Prefiro Derek na caixinha da Addie.

  3. ana paulaa
    12 maio, 2009 às 12:48 am

    Sera mesmo que Miranda não nasceu para ser uma cirurgiã-pediatrica??Tenho minhas duvidas…nem sempre é o sorriso que agrada uma criança!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: