Início > desperate housewives, skins > Skins (3×04) e Desperate Housewives (5×14)

Skins (3×04) e Desperate Housewives (5×14)

Skins: Pandora

skins3episode4

Até este episódio Pandora era uma personagem que só servia como alívio cômico, que salvava a série em alguns momentos e nas horas vagas, em seus momentos “Dã, o roteirista quer mostrar que sou retardada” comia pó. Mas, seu episódio veio para mudar isso e aparentemente colocar Skins no caminho.

Pessoalmente adorei o aprofundamento que a personagem sofreu, enfim Pandora mostrou seu tem vontades e discordou de Effy! Os momentos garota birrenta e principalmente os momentos em que ela bateu de frente com amiga, serviram para mostrar que Panda não é uma personagem tão inútil quanto ela mesma diz, ela cresceu com isso, principalmente no conceito de todo mundo.

Assistindo esse episódio, ficou claro porque Pandora é tão lesada assim: Sua mãe. E apesar da Pandora, seu mundo e sua mãe serem um total esteriótipo, toda essa trama não deixa de ter um fundo de realidade: A mãe super protetora que não deixa os filhos viverem, o que os faz viver mentindo. Agora, Effy Stonem, uma missionária? Essa foi demais.

Neste episódio, Cook (o pior personagem de toda a história de Skins) mostrou-se mais tragável, mas isso nem de longe foi garantido por suas tentativas idiotas de entrar na casa da Pandora (até me senti assistindo Papaléguas e Coiote), mas sim, pelo após ele conseguir entrar na casa e como ele comportou-se com a Pandora. Pode até ser, ele é um galinha e provavelmente só fez tudo o que fez para conseguir transar como ela, mas existia um fundo de verdade naquilo, ele estava gostando da situação, da companhia de Pandora e no fim, ele só a recompensou com o que ela queria. Mas, Panda é tão sortuda que após ter transado com Cook, além de ter brigado com Effy (novamente), seu namorado, Thomas, volta. Aposto que Pandora não saberá ligar com a culpa.

Se contrapondo a tudo isso e em uma trama paralela, tivemos a continuação do relacionamento de Emily e Naomi. Estou adorando essa trama, a sua naturalidade e neste episódio, aquela coisa clichê de por culpa em alguma coisa para se desculpar de algo, como o beijo das duas garotas e as drogas.

Skins ainda não está como nos velhos tempos, mas esta caminhando para isso, os dois últimos episódios foram mais aceitáveis e estavam caminhando para o muito bom, o episódio Pandora até chegou a essa patamar em alguns momentos. Agora é só esperar.

Desperate Housewives: Mama Spent Money When She Had None

Sempre admirei a capacidade de Desperate Housewives de desenvolver sua trama naquela ruinha onde as donas de casa vivem, nunca foi preciso sair dela e toda vez que saia, o episódio tornava-se artificial, exemplos não faltam e me lembro delas nas histórias de Gabrielle Solis tanto quanto em seus encontros com o falecido Victor Lang, quanto quando Carlos ficou cego e ela queria livrar-se do seu cão guia. E isso aconteceu mais uma vez e na história da personagem.

Eva Longoria durante todos os episódios pré-hiatus desta temporada, foi o ápise da série, mas algo aconteceu após o hiatus que fez a personagem perder seu brilho e é fato que isso aconteceu após Carlos ter recuperado sua visão. Mas o que acontece é que agora, estão enchendo a personagem com tramas desnecessárias. Como por exemplo: a deste episódio que foi totalmente inútil. Gaby fútil again? Perder dois quilos? Treinamento de exército? E discurso afetado de Edie? Nada disso colou. Começo a torcer para que Carlos fique cego novamente, Gaby torne-se uma gordinha e feia de novo e ela nunca mais arranje uma história fora da rua de sua casa.

A trama de Gaby Solis foi paralela a todos os acontecimentos da temporada, temporada que a cada episódio torna-se mais frágil e caminhando para ser a pior da série, claro, se já não se tornou. Já que após a terceira temporada Desperate Housewives deixou de ter brilho e rendeu-se aos clichês. Marc Cherry esqueceu de como nos viciar. Em Wisteria Lane, nunca mais foi visto um pedófilo, uma ex-mulher ciumenta, uma sogra detestável, uma vizinha fofoqueira e é por isso que todos ainda esperam o retorno de Felicia Tillman ou Paul Yong. Mas deixando de lado as reclamações de um fã afetado e comentando o episódio:

Juro que no inicio do episódio pensei que questão dinheiro iria render alguns bons momentos para Bree e Lynette, mas não rendeu quase tudo foi descartável, a não ser pela Bree, que está caminhando para um caminho estranho. A ruiva esta ficando cada vez mais mesquinha, mas isso já havia sido planejado, sua perda de valores está sendo bem introduzida e o decorrer de tudo poderá nos agradar mais para frente.

Sofrendo com a crise financeira também tivemos Susan, Katherine e Mike. E é incrível ver como Susan é idiota, mas isso já é tão comum que não tem nem como ficar reclamando sempre, torna-se cansativo. Foi bom ter um tempo de tela para Katherine, afinal nem participar do episódio a 100 personagem participou e Dana Delany é ótima, merece sempre mais.

  1. 15 fevereiro, 2009 às 1:32 pm

    Realmente, foi um episódio regular que valeu mais pelas participações de Edie, Katherine e Lee. Eu até achei a trama de Katherine, Mike e Susan boazinha, mas não pela tonta da Susan é claro. Os outros dois obviamente são os adultos, até o filho dela é mais adulto, mas serviu como alívio cômico. A trama de Gabi realmente foi muito sem graça. Ela não implacou uma desde que Carlos voltou a ver. Pena

  2. 16 fevereiro, 2009 às 2:11 am

    Eu adorei esse episódio de Skins, sem dúvida o melhor da temporada até agora, se a série continuar assim estará de volta aos seus bons tempos =)

  3. 16 fevereiro, 2009 às 12:35 pm

    Ainda não vi esse de Skins e também não achei esse de DH nada demais. A única personagem que teve um desenvolvimento interessante foi a Bree, mesmo que tenha sido para pior..

  4. Mauro César
    18 fevereiro, 2009 às 6:41 pm

    Adorei esse episodio de Skins. Eu gostei da premier, odiei o segundo, gostei do terceiro e agora adorei esse 4º, muito bom mesmo! Eu sempre acreditei no potencial de Skins, e tomara que daqui pra frente a temporada só melhore!

  5. 20 junho, 2009 às 5:18 pm

    Cook (o pior personagem de toda a história de Skins) mostrou-se mais tragável [2]

    Realmente a trama da Naomi e da Emily é o que salva a série, e concordo como esses dois ultimos capitulos estão fazendo a temporada melhorar

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: