Início > The Beast > The Beast, 1×01: Pilot

The Beast, 1×01: Pilot

Inicialmente meu único motivo e o maior atrativo para conferir o piloto de “The Beast” era sua estrela mor Patrick Swayze. Swayze estrelou filmes que nunca sairão da minha memória e jamais serão esquecidos como “Dirty Dancing” e ao lado de Demi Moore, “Ghost”. Com isso não esperava muito da série, só queria ver Patrick de novo, talvez como um adeus já que o próprio garantiu que tem pouco tempo de vida devido a um câncer. Mas acabei surpreso.

Minha primeira surpresa foi com o próprio Patrick, estava esperando ver um ator debilitado e com a face da morte no rosto, mas não foi isso que eu vi. Assistindo a série acabei vendo um guerreiro, um ator que marcou época e que está em ótima forma. Patrick não deixou qualquer que seja sua debilidade aparecer. Ele estava mais que ótimo, estava brilhante.

Outra surpresa minha e na realidade a maior surpresa foi à série em si. Muito bem bolada, um perfeito thriller policial. A série ainda lembra muito a Damages, thriller jurídico estrelado por Gleen Glose.

Sua premissa trata assim como Damages de planos, muitos planos onde todo mundo se desmascara no fim das contas, uma perfeita cama de gato. Charles Barker, personagem de Patrick é um perfeito agente do FBI durão e ranzinza, assim como nós sempre acompanhamos em filmes e no piloto ele escolhe um pupilo, o agente que ira substituí-lo após sua aposentaria. O escolhido é Ellis Dove, um jovem indomado e inconseqüente, que aparentemente tem como seu maior ídolo seu novo superior, Charles. Até ai The Beast é uma série comum, sem mais atrativos. Mas como um bom thriller que é ela nos escondeu o seu bang para o final do episódio, quando nós ficamos sabendo que Charles pode não ser quem parece ser e que Ellis pode vir a se tornar um espião dele.

Já que eu fiz uma pequena comparação para Damages logo acima, se sinto obrigado a fazer outra: Patrick está para “The Beast” assim como Gleen Close está para “Damages”, mas já Travis Fimmel interprete de Ellis Dove não está para “The Beast” assim como Rose Byrne está para “Damages”, até porque se estive seria lamentável. Travis começou a série morno e até parecia meio perdido, mas depois entrou no clima, deu um completo show e acho que até ofuscou a grande astro da série, Patrick Swayze, em alguns momentos.

“The Beast” já tem toda sua primeira temporada filmada, ao todo são treze episódios, todos com a presença de Patrick que recebeu o convite da produção da série para continuar em uma possível segunda temporada. A série não vale somente a pena para nós acompanharmos o possível último trabalho de Patric, por seu piloto da para perceber que The Beast é uma série brilhante e que ao longo de sua temporada irá marcar a todos. Vale à pena conferir.

Categorias:The Beast Tags:
  1. 4 fevereiro, 2009 às 6:15 pm

    The Beast é de fato muito boa.
    Todo esse lance em cima do pouco tempo de vida que Swayze tem, dá um tom épico a série.
    Concerteza vou conferir a primeira temporada toda

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: