Início > lost > Lost, 5×01: Because you left

Lost, 5×01: Because you left

Serei repreendido, eu estou ciente disso. Mas que season premiere foi essa? Não, eu não vou super elogiar esse episódio da série, sim ele teve seus méritos, mas “Because You Left” não foi digno de abrir uma temporada da série que muitos enumeram como a melhor dos últimos tempos.

Comecemos do começo então: Sabe aquela sensação de déjà vu – Hey, eu já vi isso em algum lugar! – Então, foi exatamente isso que eu senti ao ver a primeira cena do episódio.

Eu tinha certeza que era Marvin Candle o cara misterioso, mas eu não imaginava que Lost iria auto plagiar-se de tal forma. Vamos aos fatos: Season premiere da 2ª temporada, Desmond acorda e faz as suas coisas em sua casa, nos proporcionando um clima de mistério perfeito. Já na 3ª temporada tivemos Juliet ao som de Petula Clark, uma perfeita apresentação da personagem. Mas usar esse recurso novamente, vamos lá!? Francamente! Vamos ser realista, isso foi muita falta de criatividade. Marvin acordando, fazendo as primeiras ações do dia e ouvindo sua música.

Após isso o episódio até que decolou. Ver Faraday e nem imaginar o que ele estava fazendo ao lado do Mr. Candle foi uma boa jogada. E após nós descobrimos que a ilha não mudou de lugar como todos imaginavam, mas sim começou a viajar no tempo! E uma viagem atrás da outra.

A ilha ainda continuou divida. Locke perto do avião do irmão do Mr. Eko e Sawyer, Juliet, Faraday e os demais tentando achar algum ponto que conectasse o passado ao presente. Ponto escolhido: A escotilha.

Enquanto Sawyer fazia suas piadinhas – ah! Como eu senti falta disso – Locke foi quem chamou a atenção. Como o personagem estando sozinho no meio do nada consegue ser a melhor coisa do episódio? Seu encontro com Godwin e principalmente com o Richard foi de tirar o fôlego.

Mas a trupe do Sawyer até nos proporcionou um bom momento, na verdade ele foi proporcionado pelo Desmond e Faraday. E não sei por que, mas estou achando que Daniel Faraday vai acabar roubando a cena nesta temporada.

Faraday que garantiu que o que não aconteceu não poderia acontecer, acabou manipulando o futuro de Desmond e fato que provavelmente o fará voltar para a ilha. Como o próprio Faraday disse, Desmond é único.

Enquanto isso acontecia com o pessoal da ilha, em algum tempo ou até no mesmo tempo – Lost me confundiu profundamente – Os Oceanic Six tramavam algo. Seja Jack, Hugo e Sayid tentando voltar para a ilha, quanto Aaron e Kate fugindo ou ainda Sun – que para mim foi à melhor fora da ilha – fazendo planos com Charles Widmore: Matar Benjamin Linus!

Ok, muitas coisas aconteceram no episódio de Lost, ele foi bom, porém para um episódio comum jogado no meio da temporada, não para uma season premiere. Faltou algo, algo que me faça aguardar ansiosamente e começar a formar teorias para os próximos episódios. Até agora está tudo respondido, Ben fez a ilha se mover no tempo e agora ele fará com que todos voltem para a ilha, sem mais mistérios. Ah! Essa é uma prova que Lost erra e não é perfeita.

Categorias:lost Tags:
  1. 23 janeiro, 2009 às 6:17 pm

    Vc percebeu q o Faraday no passado, com Mr. Candle, está do mesmo jeito que no futuro? Não parece que ele envelheceu um NADA! cmoasim////

  2. 23 janeiro, 2009 às 7:14 pm

    Fabio, aquilo era o Faraday em uma das viagens no tempo causadas pelo Ben ter movido a ilha. Um flashfoward de um flashback ou algo assim – Complicado, não?

  3. 23 janeiro, 2009 às 11:31 pm

    Cara pra te falar a verdade eu me sinto meio que na obrigação de assistir a Lost, acho que desde a terceira temporada da série a coisa vem se desgastando…eu ainda acho Lost a melhor série dos ultimos tempos, só que agora vejo como ”opa, tenho que terminar isso” e antes eu via porquê era realmente viciante.

    Mais agora que começei,tenho que terminar né🙂

    Abraços.

  4. netiteve
    24 janeiro, 2009 às 12:17 am

    Essa recurso não é exatamante um auto-plágio. Na verdade os roteiristas estão dizendo que a História/Acontecimentos se repetem. Sempre.

    Houve outra cena nesse modelo que uma pessoa fica em segredo, no caso, a ainda jovem mãe do Locke. Foi no Cabin Fever.

    Os pulos no tempo considero um grande achado para a série. É um avanço do que acontecia com Desmond, e que agora afetado todos, sem excessão.

    Tenho certeza que esse fenômeno é o começo das grandes respostas da série. Através dele pularemos até momentos importantes que desvendam mistérios, podendo até criar ainda outros. 🙂

  5. 24 janeiro, 2009 às 3:53 am

    Concordo com você. O episódio teve alguns momentos ótimos, mas no geral ficou muito aquém do esperado e não está nem perto do que a série pode oferecer. Espero mais dos próximos episódios…

  6. 27 janeiro, 2009 às 5:43 pm

    As auto-referências são um dos charmes de Lost. Você pode não gostar, mas a intenção é exatamente remeter a audiência a uma cena já mostrada. Não é falta de criatividade. É a meta linguagem.
    Ser confundido pela trama de viagens no tempo é normal. Acho que boa parte também se sentiu assim. Na minha visão isso é o que garante o diferencial de Lost. Vou esperar o fim da série para julgar se o roteiro está indo pelo caminho errado ou não. Falar agora é precipitado. Aguardemos.
    Não concordo com sua conclusão. Mas faz parte. Claro que nenhuma série vai agradar todo mundo…

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: