Início > desperate housewives > Desperate Housewives, 5×13: The Best Thing That Could Have Happened

Desperate Housewives, 5×13: The Best Thing That Could Have Happened

Bonitinho, bem feito e com boas atuações, mas só isso e ponto. Esse foi o centésimo episódio de Desperate Housewives que de desenvolvimento da trama da temporada leva uma nota zero, mas de emoção um dez. Contudo a festa do episódio 100 das donas de casa foi estragada por The Mentalist em uma exibição extraordinária aos domingos que fez Desperate amargar sua pior audiência.

Foi nesse o episódio que nós ficamos conhecendo Eli Scruggs, um velho vizinho das donas de casa que as ajudava como um faz tudo, estranhamente um personagem importante para todas elas, mas que nunca havia sido citado. Eli sempre esteve presente na vida das mulheres de Wisteria Lane e ao meu entender o personagem foi usado como uma metáfora para compará-lo a nós, os telespectadores que observamos a vida das amigas de Mary Alice Young de longe, fato que foi brilhantemente representado na cena após suicídio da narradora.

Eli esteve observando e ajudando as donas de casa em praticamente todos os momentos de suas vidas: Separações, nascimentos e mortes. Não posso negar que o desfecho foi bobo, Eli sempre foi bom, sempre ajudou a todos, mas rever Mary Alice Young e ver com outros olhos a cena de seu suicido foi o melhor acontecimento da temporada.

Foi tão bom ver as todas de casa a mais de oito anos atrás, isso me fez sentir saudades, saudades dos bons tempos da série. Assistimos Gabrielle Solis, começando sua amizade com as demais donas de casa. Lynette, lutando para ter uma vida profissional e não ter mais nenhum filho. Bree, com a morte do Rex e seu sonho de escrever um livro. Edie e seus momentos carentes, além de um de seus tantos casamentos (ou namoricos). E Susan e sua separações, primeiro Karl e depois o Mike.

Para mim os melhores momentos do episódio foram justamente: O flashback de Gabrielle Solis que eu não sei como e nem porque, mas meus olhos se encheram de lagrimas. A olhada com outros olhos no suicido de Mary Alice – é momentos com esse que afirmo que Mary Alice não deveria ser a suicida – E também com a última cena, no discurso pomposo de Bree sobre fazer algo para Eli.

Mas nem tudo são flores no episódio. Bem até são, afinal esse foi um dos melhores episódios da série. Mas com toda essa comemoração a trama da temporada foi esquecida, Dave foi tratado com um reles coadjuvante e seu mistério nem foi citado.

Um fato que pode ser percebido foi ver Edie sendo tratada com uma protagonista, coisa que para mim ela sempre foi, mas sempre existiram discordantes, afinal Edie é melhor que Susan, a personagem é hilária e talvez venha dela seja a maior dose de humor negro na série. Mas em contra ponto Katherine, a outra possível protagonista, que até poderia conhecer Eli, nem apareceu. Senti falta, eu não senti, mas seria interessante ver Dane Delany em ação.

Esse foi o episódio 100 de Desperate Housewives, emocionante e com boas atuações, porém com um roteiro mal administrado e um fiasco na audiência, em relação aos velhos tempos da série, Bem a cara atual da série: Confusa e desequilibrada.

  1. 23 janeiro, 2009 às 7:35 pm

    Quando eu falei no Twitter que fiquei pensando em porquê Katherine não apareceu foi porquê a trama dela poderia ser bem interessante. Eli poderia ter conhecido ela ou na época em que ela era abusada pela Wayne (ela morava em Wisteria Lane na época?), ou na época em que estava se escondendo com a tia, duas épocas que foram pouco exploradas. É claro que tirando isso o roteiro foi ótimo, as atuações também, e é sempre bom ver Brenda Strong em ação, mas no final ficou sendo um episódio sem função na trama corrente.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: