Início > grey's anatomy, Lie To Me > Lie To Me (1×01) e Grey’s Anatomy (5×11)

Lie To Me (1×01) e Grey’s Anatomy (5×11)

Lie to Me, 1×01: Pilot

cartaz5

Misture “The Mentalist” e seu poder de observação com “Cold Case” e suas confissões forçadas e sua tradicional música final e estará pronto: “Lie to Me”. E é provavelmente assim que a série irá virar hit, até porque ela tem elementos de duas séries que estão presentes no top #15 da audiência americana.
Estrelada por Tim Roth a série que é uma das maiores apostas da Fox e vazou algumas semanas antes de sua estréia oficial.

A série é interessante, tem um ótimo clima. Um roteiro didático, mas nem por isso perde o embalo. Um elenco interessante. E apesar do desfecho previsível, a série é bem escrita e suas histórias se comunicam.

Uma coisa muito legal na série foi às referências a personalidades famosas como, por exemplo: George W. Bush e sua cara de fracasso.

Porém, contudo e em todavia, não me arrisco a dizer que seguirei a série fielmente. “Lie to Me” é uma série policial e apesar de sua premissa bem interessante, esse gênero de série não consegue me prender, falta um romancezinho, falta aquele melodrama que eu adoro e que está presente em 99% das séries que eu acompanho. Mas talvez isso aconteça.

Parece que a vida pessoal dos personagens da série ficará mais em evidência, mas para saber realmente se isso irá acontecer nada melhor de que mais alguns episódios.

Grey’s Anatomy, 5×11: Wish You Were Here

02-2-1

Um episódio bem esquisito de Grey’s Anatomy, ele teve momentos grandiosos e boas atuações, mas alguma coisa saiu errado.

Uma das coisas que não agradou foi o novo personagem da série, o Serial Killer que passará alguns episódios fazendo companhia para os médicos de SGH. A história não empolga, não prendeu. Nada parecido com Denny Duquette ou ainda Ava, tudo bem que esses eram personagem “do bem”, mas o Serial não despertou nada em mim, nenhum tipo de sentimento, nem a repulsa ou raiva. Ele me fez permanecer neutro em relação a sua chegada e não me animou nenhum pouco.

Outro fato que vem incomodando é ver como o Chief e a Miranda tornando-se cada vez mais chatos. Tudo bem que eu nunca gostei muito dos personagens, mas agora eles não têm mais nada de interessante. Chief está parecendo um velho gagá e a Miranda uma médica reclamona e puxa saco.

Permaneço neutro também quando se fala das brigas de Christina e Meredith. Sempre irei concordar com a personagem da Oh. E continuo do mesmo jeito quando se fala do romance fantasmagórico de Izzie. Confesso que inicialmente gostei do retorno de Denny, depois passei a odiar, mas neste episódio vi uma mínima melhora com a entrada do Karev na trama – Mas eu não torço para um triângulo de forma alguma.

Já o ponto alto do episódio e que compensou todas as derrapadas ao longo dele foi à relação Callie e Sloan, que eu estou amando! Eles ainda nem são um par romântico – Mas tenho certeza que serão – mas estão mandando muito bem com a luta contra os internos, engraçado e uma das poucas coisas que me lembram os velhos tempos da série.

  1. 14 janeiro, 2009 às 7:36 am

    não conferi Lie to Me, mas parece ser muito boa… já Desperate estou tão atrasado que nem me atrevo a pegar o bonde andando

  2. 14 janeiro, 2009 às 7:56 am

    Demorei bastante pra ver Lie to Me!! Não sei se gostei ou não! Agora Grey’s… só espero que a Callie e o Sloan não virem par romântico! Acho que eles são os novos Izzie e George! BFFs

  3. 14 janeiro, 2009 às 10:47 am

    Cara, eu também conferi o piloto ”vazado” de The Mentalist recentemente e também não sei dizer se acompanharei a série fielmente, apesar de ser bacana sei lá…achei tudo muito monocromático, o persongaem do Tim não me convenceu e tão pouco é tão carismático como Patrick Jane de The Mentalist!

    Falta alguma coisa em Lie To Me, que eu não to nem afim de descobrir, rs.

    Abração cara!

  4. 14 janeiro, 2009 às 11:13 am

    É, eu ainda não vi Lie To Me. Mas eu adoro The Mentalist. Não adianta, podem falar que os casos são óbvios, acho muito bom e tem cenas geniais. No último episódio, por exemplo, o Patrick Jane esteve sensacional em algumas cenas. Sem contar que agora estamos mais centrado no Red John, ou seja, a série vai melhorar ainda mais.

  5. Daniel Eid
    14 janeiro, 2009 às 7:20 pm

    maurício , gostaria de saber se vc
    se interessa de nós trocarmos links
    pelo blogroll.

    qualquer coisa me contate

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: