Início > cold case, Criminal Minds, damages, desperate housewives, grey's anatomy, lost, séries, skins > Top #5/10: Os melhores episódios que nós vimos.

Top #5/10: Os melhores episódios que nós vimos.

Todas séries chegam ao seu auge, algumas mais de uma vez, outras já bem em seu começo foi assim em uma parceria com Gabriela Spinola do EU VENHO EM PAZ (Entre outros blogs) e devido a uma conversa via twitter nós resolvemos fazer um top #10 com os melhores episódios que nós assistimos cinco episódios meus, cinco dela, muita séries legais e com alguns pontos de concordância.

Segue abaixo o Top #10/5: Os melhores episódios que nós vimos:

#1/1 – Desperate Housewives, 3×07: Bang

(Por Maurício)

Após todas as críticas sobre a 2ª temporada Desperate Housewives tinha de se reerguer.  Para isto Marc Cherry apostou em um evento e Bang, o episódio escolhido para o acontecimento, até hoje é creditado com o melhor episódio da série. Com o talento de Felicity Huffman o episódio se consagrou e deu um novo rumo para a série, que voltou a ter créditos. O episódio marcou tanto que eu tenho certeza que nunca ninguém irá esquecer Carolyn Bigsby e Nora Huntington.

#1/2 – Lost, 1×01: Pilot

(Por Gabriela)

A obra-prima de JJ Abrams revolucionou a forma de se fazer séries. Um grupo de pessoas, até então desconhecidas, têm muito mais em comum do que terem sobrevivido ao mesmo desastre de avião. O episódio piloto com o maior orçamento já feito mostrou como é possível juntar suspense, terror, drama, fantasia e uma boa dose de cultura pop e ter uma série genial.

# 2/3 – Lost, 2×20: Two for the Road

(Por Maurício)

Lost é uma série que entrará para a história, afinal a série revolucionou e foi até copiada, virou tendência. E muito antes de Lost brincar com seus flashfowards e um pouco depois de seu piloto inovador, existiu um episódio “normal” que chamou muito atenção e por isso está nesta lista. Querendo se livrar de Ana-Lucia e provar um choque no telespectador, a personagem de Michelle Rodriguez e a queridinha do público Libby, foram assassinadas por Michael. O choque foi tremendo e as atuações tão boas que não têm como após esse episódio nós deixarmos de não odiar o Michael e até hoje torcemos por um flashback de Libby.

# 2/4 – Criminal Minds, 2×14/15 – The Big Game/Revelations

(Por Gabriela)

imagem

O Dr. Spencer Reid é capturado por um técnico de computação com disturbuios de personalidade que acredita ser um mensageiro de Deus. A infância nada agradável do jovem superdotado é mostrada em flashbacks descarregados por surtos de loucura causados pelo abuso de anfetaminas por parte de Reid. Considerado por muitos fãs o melhor episódio da série, mostra um personagem ao mesmo tempo brilhante e decadente, forte e vulnerável. Participação especial de James Van Der Beek como o suspeito, Tobias Hankel.

# 3/5 – Skins, 2×10: Everyone

(Por Maurício)

Inglesinha e sem grandes pretensões. Não sei ao certo quando Skins, uma série teen tornou um dos melhores dramas da atualidade. É fato que a série tem um roteiro inovador, uma boa produção e nenhuma papa na língua. Lembro-me de ter achado que no meio de sua curta segunda temporada Skins havia se perdido, mas que nada, estava tudo planejado. E eu nunca aprovei tanto a morte de um personagem que eu amava, Chris deixou saudades, mas todos os outros Skins deixaram também. Esse episódio foi marcado por despedidas, foi triste, emocionante, porém com tudo foi perfeito, desde a trilha sonora, ao roteiro e as atuações. Eles deixarão saudades, mas também se despediram em grande estilo.

# 3/6 – Grey’s Anatomy, 2×16/17 – It’s The End of The World/As We Know It

(Por Gabriela)

Um paciente foi atingido por uma bomba caseira, que corre o risco de explodir todo Seattle Grace. Bailey entra em trabalho de parto no momento em que seu marido sofre um acidente e não pode ver o nascimento do filho. Izzie e Alex voltam a se envolver e enquanto isso, Meredith resolve arriscar-se a retirar a bomba para que todos possam sair dali em segurança. A obra -prima de Shonda Rhimes foi brindada com o nome da famosa música do R.E.M., banda cujas músicas “batizaram” 4 episódios da série.

# 4/7 – Desperate Housewives, 3×15: The Little Things You Do Together

(Por Maurício)

Esta temporada da série tinha tudo para ser a melhor. Claro, senão fosse um pequeno detalhe, a gravidez de Marcia Cross. Na terceira temporada o mistério estava diretamente ligado a ela e seu marido Orson Hodge. Qual era o segredo que Orson Hodge escondia e somente Gloria e Alma Hodge sabiam? O episódio teve a brilhante atuação da indicada ao Emmy pelo papel, Dixie Carter e culminou na precoce resolução do mistério da temporada – Já que Marcia Cross se afastou da série após isso.

# 4/8 -Criminal Minds, 4×03: Minimal Loss

(Por Gabriela)

prentissminimalloss

Prentiss e Reid vão investigar uma denúncia de abuso sexual de menores numa comunidade religiosa do interior do Colorado. No final das contas, a coisa se torna muito mais perigosa do que parece: uma denúncia anônima a um jornal local informa que dois agentes do FBI estão infiltrados na tal comunidade, revelando o lado agressivo e descontrolado do líder da comunidade, Ben Cyrus, interpretado pelo ex-Beverly Hills 90210 Luke Perry. Spencer Reid consegue manter a calma por tempo suficiente para conquistar a confiança dele. O destaque, mesmo, vai para Emily Prentiss, que salva a vida de Reid, é torturada e trancafiada, e consegue tirar todos da comunidade em segurança. “I can take it!”

# 5/9 –Damages, 1×13: Because I Know Patty

(Por Maurício)


Em 2007 Damages, além de ter consagrado mais uma vez Glenn Close e nos ter apresentado a Rose Byrne, a série se tornou a melhor estréia do ano, uma arrasa quarteirão quando se fala de prêmios e ainda por cima ela nos deixou super ansiosos para seu retorno. A 1ª temporada da série foi muito bem escrita, a cada episódio a trama ia ficando mais clara e foi em “Because I Know Patty”, a season finale, que a série realmente se tornou o hit e merecedora de todos seus elogios com seu final revelador e muito promissor, descobrimos tudo foi planejado e vimos Ellen está disposta a mudar.

# 5/10 – Cold Case, 5×15: The Road

(Por Gabriela)

road1

Lilly e Scotty têm que levar um suspeito de assassinato da Virgínia para a Filadélfia. Durante esse meio-tempo, John Smith consegue convencer Lilly Rush de que a vida não vale a pena ser vivida se tudo o que se tem é algo a se apegar – um emprego, um relacionamento. Contudo, a conversa vai tão fundo que Smith consegue desenterrar fantasmas do passado dos dois detetives: Elisa, George Marks, Eddie Masterson, James Hogan… Com o suspeito cutucando nas feridas e deixando pistas sutis, os sagazes detetives conseguem descobrir o paradeiro de sua vítima. Interpretação brilhante de Damon Herriman, que merecia ter sido indicado ao Emmy de “Melhor Ator Convidado em Série Dramática”. Mesmo que fosse disputar o prêmio com Glynn Turman de In Treatment e que isso fosse um páreo duro pra caramba, ele merecia.

  1. 5 janeiro, 2009 às 10:57 am

    Tem muita coisa que não assisto que está na lista, tipo Criminal Minds que acho muito chato… Mas senti falta de “The Constant” na lista, o episódio do ano! Ou então o epi de Natal de The Big Bang Theory…

    Mas nunca é fácil fazer esse tipo de lista. Parabéns!!

    Abraço!

  2. 5 janeiro, 2009 às 11:02 am

    Muito bom o Top! Não vejo Criminal Minds nem Cold Case, mas vejo todas as outras e os episódios foram realmente excelentes! Só trocaria aquele do Michael em Lost pelo do Desmond na quarta temporada, The Constant.

  3. 5 janeiro, 2009 às 11:30 am

    Concordo com alguns episódios, quase todos eu achei bom, só não sei se entrariam no meu top 10, como o de DH, o 3X15, o de Cold Case, e Criminal Minds eu não vejo, mas os outros foram sensacionais.

  4. 5 janeiro, 2009 às 12:22 pm

    É, os dois de DH não entrariam no meu Top (eu não sou tão fã de Bang quanto a maioria das pessoas), e o Two for the Road de Lost também não, porquê eu tenho outros preferidos (as finales, One of Us, The Man Behind the Curtain, vários da primeira temporada cujos nomes eu nunca consigo lembrar), e não vejo Skins, mas com o resto eu concordo. Até Cold Case, que eu não vejo, mas esse episódio eu por acaso vi, um dia na Warner e realmente é bom. Fiquei com vontade de fazer meu próprio top de Melhores Episódios.

  5. 5 janeiro, 2009 às 1:41 pm

    Adorei a lista. O piloto de Lost é até clichê colocar nessas ”listas” mais é verdade mesmo, o piloto da série é uma coisa primorossa, de deixar qualquer um sem reação.

    O ultimo de Skins também surpreendeu pela carga dramática, muito bom também.

    Adorei a lista, otimo trabalho🙂

  6. 5 janeiro, 2009 às 5:34 pm

    costumo pensar que, o “Pilot” na maioria das vezes mostra se a serie ´é boa ou não, na maioria das vezes sim é bom …

    http://seriesclubsp.blogspot.com/

  7. 5 janeiro, 2009 às 7:01 pm

    O poder da discórdia! ^^

    Primeiro não quis colocar nenhum episódio muito novo na lista, apesar de Everyone de Skins, mas esse episódio foi o episódio, se você parar para pensar que aquilo veio de uma série teen.

    Segundo, meu critério de escolha foi: Episódios que eu nunca esqueci que me marcaram e que após eu assistir eles fiquei um bom tempo boquiaberto pensando nele.

    Adorei THE CONSTANT um dos melhores episódios do ano passado, senão o melhor, mas ela ainda está fresco da memória, nada melhor que para se tornar inesquecível que o tempo.

    Bang foi o melhor episódio de 2007. Já o 5×15 de DH foi à perfeição normal da série, um episódio comum que me surpreendeu, assim como 2×20 de Lost – Nunca esqueci a cena da morte da Libby e nunca torci tanto para que uma personagem ficasse viva, odiei o Michael, mexeu com minhas emoções, esse foram meu critérios de escolha.

    “Recuso-me” a discutir sobre a finale de Damages, apesar de ninguém ter discordado.

    Enfim esses foram meus critérios de escolha.

    Já os episódios da Gabi estariam na minha lista se ela não tivesse participado do top (exceto Criminal, por motivo óbvio NÃO ASSISTIR A SÉRIE) – E The Road foi à obra prima de Cold Case. Quem não viu veja!

  8. 5 janeiro, 2009 às 7:46 pm

    Ainda que eu ache esse TOP 10 perfeito (pelo menos pelos episódios que eu assisti), esqueci muitos episódios bons que havia assistido (afinal, não se pode ter tudo na vida, certo?). “Sherry Darling”, o 1×06 de Cold Case, é outro genial, assim como o 2×12 de Criminal Minds “Sex, Birth, Death”. Um que eu achei que deveria ter colocado no TOP 10, bem depois de eu e do Maurício já termos terminado, era o “Maternity Leave”, o 2×15 de Lost. Mas, ainda sabendo que muitos episódios bons ficaram de fora (ainda porque os que “chegaram” ao nosso TOP 10 são os melhores, pelo menos na nossa opinião), acho que tanto a colocação quanto os escolhidos foram bastante justos.

  9. 5 janeiro, 2009 às 11:52 pm

    Nem preciso dizer que a lista ficou impecável! Na verdade não vi alguns deles (não acompanho “Criminal Minds” e ainda não cheguei nesse de “Skins”), mas todos os outros são, no mínimo, muito bons. Meu preferido é o pilot de “Lost”. Abs!

  10. 7 janeiro, 2009 às 8:14 pm

    Ainda que eu prefira ‘The constant’ e ‘Through The looking Glass’ de Lost, a lista ficou impecável. ‘Bang’ é o melhor episódio de DH e um dos melhores de comédia, certamente.

    Ótima lista!

    Abração!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: