Início > True Blood > True Blood, (1×11): The Love is to Bury

True Blood, (1×11): The Love is to Bury

tb111iy2

Penúltimo episódio da brilhante temporada de True Blood. Acho que tenho de pensar em outro adjetivo além de “brilhante”, já que eu o uso muito, e, como True Blood é um série impar ela merece ser diferenciada. Talvez True Blood seja magnífica ou esplendorosa [Que adjetivos mais Lafayette]. Mas, sei lá, essa série está boa demais!

Tem uma coisa que eu adoro em qualquer final da temporada é a apresentação das novas tramas antes da season finale ou premiere da próxima temporada. Essa pré-aprentação serve para nós ficar ansiosos ara ver o que está por vir antes mesmo da série acabar. E, True Blood fez isso muito bem!

Duas provavelmente personagens fixas da próxima temporada já foram apresentadas. Primeiro a cria maluquete do Bill, Jéssica. Essa nova vampirinha me conquistou e esse alívio cômico que ela proporcionou foi muito bem vindo à série. E, finalmente achei alguém mais boca suja que eu. A outra possível nova personagem foi a “assistente social” da Tara, o que será que ela esconde? Será que ela é uma lobisomem fêmea? Uma lobiswomen? Sei não, True Blood não é uma série previsível…

Mas alguém adorou a pirada do Lafayette? Que bitch! Na verdade bitch é aquele senador que fez o discurso contra as minorias da Terra da Alan Ball, ele dorme com um gay e faz um discurso contra o gênero?! Son of a Bitch! Mas Lafayette não deixou barato. Que maganão. Foi lá e deu uma ameaçada de leve no seu cliente. Eu queria mesmo que ele cegasse lá quebrando tudo!

Amy morreu?! Nunca mais verei Lizzy Caplan nua?! Why? – Comentários machistas de lado… – Coitado do Jason, tão burraldo. Se ele não viu e não sentiu não foi ele quem fez! Adorei aquela combinação de cenas da morte da Amy, ela sendo enforcada e seu corpo ascendendo ao céu, isso até me lembrou Ismália (Que é um brilhante poema brasileiro do Alphonsus Guimaraens).

Adoro essa coisa da obediência dos vampiros. Lembro-me que aprendi isso lá com Beijo do Vampiro na Globo. Se você convidar um vampiro para entrar na sua casa ele entra, e, se você o “desconvidar” ele não entrará mais. Ainda bem que True Blood não modificou completamente a mitologia vampiresca. Agora, Sookie, sempre foi uma lenta em relação aos seus relacionamentos, isso ela deixou claro, e, agora como de um dia para o outro ela foi beijar o Sam? E o Bill chegar bem na hora? Maldição! Sookie foi trocar um morcego por um cachorro! Pelo menos essa ela pode levar na coleira…

O ASSASSINO: René! Algo me dizia… Talvez alguns spoilers, também Khristen dos Santos me ajudou bastante com aquelas dicas. Ardele não nasceu para se casar.

# Não sei o porquê, mas eu simpatizo “por demais” com o Eric e sua criação.

Categorias:True Blood Tags:
  1. 23 novembro, 2008 às 1:47 am

    Mauricio tu acha mesmo que o assasino é o René? Eu acho que isso só foi um indicio de um grande arco de coisas que iram acontecer no season finale, acho que vem muita mais coisa daí.

    Também adorei a cria do Bill, e não simpatizo com o Eric e sua cria de jeito nenhum. E a Amy se foi, era chatinha, bitch, pilantra mais causava na série e dava um UP muito massa na trama. Partiu de um jeito único em uma das cenas mais lindas que já vi nessa temporada, arrebentou.

    True Blood é fabulosa. Você pode começar a usar esse adjetivo uhahuahua é bem mais Lafayette, acredite! =P

    Abração cara!

  2. 23 novembro, 2008 às 10:38 am

    Eu acho… Tô pensando que no próximo episódio eles irão começar aquelas malditas perseguições atrás dele… Se não for ele eu apost naquele outro amigo do Jason que trabalha junto com ele e o Rene (Que não me lembro o nome)

  3. Lucas Santtos
    23 novembro, 2008 às 12:14 pm

    Cara precivo ver urgente a série fiquei atrasado e nao vi nem o 1.10 ainda tem noçãp? HUASDHU vou tentar ver hoje a noiteee. Que pena que ja vai acabar!

  4. Mônica
    23 novembro, 2008 às 4:01 pm

    Eu comecei a assistir True Blood semana passada e em uma semana eu vi os 11 episódios…não tem como não achar True Blood demais, é com certeza a melhor série no ar atualmente.
    O mais interessante de TB são com certeza as personagens, eles tem profundidade e cada um encanta de alguma maneira e até o sotaque sulista, que no começo me irritava, agora eu adoro e fico imitando!
    Hoje tem o último episódio e espero que caia ainda de madrugada na rede, senão nem durmo!!!!!

  5. 24 novembro, 2008 às 8:43 am

    Ainda não tenho certeza absoluta sobre assassino, como comentaram acima pode ser só uma situação para algo maior no season finale. Já estou com saudade da série, quero ver logo o último episódio da temporada!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: