Os vampiros e os robôs.

True Blood (1×03 – Mine): Ela é dele, todos nós já entende-mos isso. Eu não acredito que o cliffhanger do episódio passado foi criado por nada. Sookie saiu ilesa daquela situação com os vampiros, e de uma forma bem estranha que me fez lembra do episódio piloto da série – Medo! -; E, não foi só essa situação que me fez lembrar o piloto, mas a qualidade do episódio também, muitas pessoas elogiaram esse episódio, mas eu achei ele bem estranho.

Eu descobri o que me faz gostar tanto assim de True Blood, além dos vampiros, a série também abusa das cenas de sexo – Uma economia para os pornos – Mas, falando sério, a série tem abusado das cenas de sexo, principalmente neste episódio. E, o irmão da Sookie, Jason é o campeão delas, ele mais faz sexo do que fala na série. E, ainda teve aquela dancinha dele.

Outras bizarrice deste episódio foi a cena super trash dos vampiros amigos do Bill – Aqueles do cliffhanger – Além dos personagens serem bem trash, essa insinuação de vampiros gays (ou bi) é demais – Eu pensei que estava assistindo Dante’s Cove – Mas, tudo é valido quando se fala em montar um nova história e reinventar a já existem, já que para e através do séculos os vampiros sempre foram tratados com um exemplo de heterosseaxualidade. Mas, eu entendo a intenção de Alan Ball com isso.

E, no fim do episódio mais um cliffhanger! Adorei Anna Paquin nesta cena. Ela está me conquistando cada vez mais.

Terminator (2×03 – The Mousetrap): A cada episódio melhor, é incrível ver a melhor da série a cada episódio.

Será que foi somente eu que fui enganado e pensou que a Michelle (Sonia Walger) e o seu namorado, o paramédico tinham ido realmente embora? Pois é, eles só não foram mas como passaram boa parte do episódio atuando – O que foi um milagre -; Mas, agora parece que finalmente e literalmente a “Penny” poderá descansar em paz. A mensagem deixada no fim deste episódio, no velório da Michelle, foi praticamente a mesma deixada no fim do episódio de Grey’s, alguém reparou?

Neste episódio a minha querida Cameron passou a maior parte do tempo sem aparecer, e, o mais incrível, a série funcionou sem ela. Summer Glau ficou tão apagadinha neste episódio, que deu até pena.

Será que o John ainda não aprendeu? Ele é quem irá salvar o mundo, ele será o lider do humanos daqui alguns anos, não há tempo para affairs… Eu entendo a situação dele, mas eu espero que ele entenda a da humanidade, né?

O que será que a T-1000, Catherine, quer com o agente Ellison? Cromartie voltou à atacar!

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: